Paixão de Viola e Tambor

 

O que Loma e o Grupo Chão de Areia propõe com o espetáculo “Paixão de Viola e Tambor”, é unir a viola de origem européia e que traz histórias de um Brasil caboclo, com o tambor africano e suas nuances rítmicas que encantam o cenário artístico brasileiro. No Rio Grande do Sul a musicalidade que surge destes instrumentos tem nuance especiais e neste espetáculo “Paixão de Viola e Tambor” podemos ver a viola tocando as células rítmicas do maçambique e o tambor acompanhando modas de violas e cateretês, além de tocarem juntos pérolas do cancioneiro nacional como: Disparada, Os Homens de Preto, Cio da Terra, Romaria, Viola Meu Bem; além de diversas composições do próprio grupo, tudo isto sem perderem a identidade gaúcha que estes artistas trazem na sua essência.

A Viola - A Viola brasileira tem sua origem nas violas portuguesas, oriundas de instrumentos árabes como o alaúde, chegou ao Rio Grande do Sul nas mãos dos tropeiros, dos jesuítas e dos casais açorianos que colonizaram estas terras. A viola é constantemente usada em diversas manifestações culturais, tais como: fandangos, folias de Reis , Ternos de Reis e Juninos, etc.

O Tambor - O tambor, que hoje é encontrado em diversas formas e formatos na cultura brasileira, se popularizou no Rio Grande do Sul através de festas e ritos de origem africana, tais como: maçambiques, quicumbis e batuques de candomblé.

Os artistas:
A negritude de LOMA se junta ao resgate da viola gaúcha que faz o grupo CHÃO DE AREIA, e forma este espetáculo cheio de nuances intitulado PAIXÃO DE VIOLA E TAMBOR.

A ginga cativante e expressiva da cantora Loma - premiada Melhor Cantora Nativista da década de 80 no RS, menção concedida por críticos de música dos jornais locais mais importantes, radialistas e produtores de eventos de música; indicada ao Prêmio Sharp na categoria cantora Regional no ano de 1992 no qual concorreu ao lado de Margarete Menezes e Elba Ramalho além do Prêmio Açoriano de Música para melhor Intérprete e melhor CD de MPB do RS no ano de 2000.

Já o Grupo Chão de Areia vem fazendo, ao longo dos seus 13 anos de carreira, um resgate da viola do sul do Brasil, instrumento que foi por muitos, esquecido na tradição gaúcha.Desde o início de sua trajetória o grupo vem sendo premiado em diversos festivais do sul e sudeste do país. Em 2012 o grupo foi selecionado entre os melhores trabalhos de viola do país pelo portal Voa Viola, que faz um mapeamento da viola brasileira, além disso, o grupo também venceu a 10ª edição do maior festival de música regional brasileira da atualidade, o “Viola de Todos os Cantos”, realizado pela EPTV. Com esta miscigenação, o “PAIXÃO DE VIOLA E TAMBOR” se mostra uma show de brasilidade

Músicos

Fotos

30/11/2014

SESC Veranopolis

Veranopolis RS

16/11/2014

Paixão de Viola e Tambor - SESC Ijui

Ijui RS

05/04/2014

Show Paixão de Viola e Tambor

Passo Fundo RS

Outros  Projetos

Grupo Chao de Areia

O Grupo Chão de Areia vem fazendo, ao longo dos seus 13 anos de carreira, um resgate da viola do sul do Brasil, instrumento que foi por muitos, esquecido na tradi...

SABER MAIS

Loma e Chão de Areia

O espetáculo surgiu da necessidade de apresentar o “Paixão de Viola e Tambor” de uma forma mais enxuta em palcos com menor estrutura de som e luz já que o nú...

SABER MAIS

Litoral de Sul a Norte

Do Espetáculo "Litoral de Sul a Norte" fazem parte os seguintes artistas, Kleiton e Kledir (Pelotas), Chão de Areia (Tramandaí), Cantadores do Litoral e Corda...

SABER MAIS

Entardecer na Praça

O Projeto “ENTARDECER NA PRAÇA” trata-se de espetáculos artísticos, realizados a partir das 19h, nas temporadas de veraneio. Levando arte e cultura através d...

SABER MAIS

Santos Reis

O espetáculo “ARTE E BRILHO DOS SANTOS REIS” tem como objetivo mostrar através do canto, da dança, da representação, da prosa e do verso, a autêntica...

SABER MAIS